5/09/2011

Dias iguais

                                              

Quando o céu se cobriu de vermelho, comecei a te esperar.
Quando o céu de cobriu de azul, pude ouvir teu respirar.
E ao se cobrir de frio, bem te vi cantando
Nem me viu tentando não chorar!
Dias iguais são como um rio correndo pra trás não desagua em nenhum lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário