6/22/2010

Inércia.

E bate aquela vontade de não fazer nada, de não sair do lugar...
Não sei  o que acontece só sei que as vazes sinto isso e chega a ser quase incontrolável!
Meus olhos se fecham e sem que eu queira, minhas pernas param mesmo que seja no meio da rua, minha mente não se arrisca nem se quer a pensar e apenas meu coração bate, de leve assim como se soubesse que o ritmo do corpo não é mais o mesmo assim como se soubesse que algo não vai bem.
E eu apenas sinto e respiro, e tento afastar de mim o que nem ao menos posso ver ou tocar mais não há outra forma se não conviver com a mal que as vezes o nosso próprio corpo  nos causa, você precisa apenas esperar e ter muita paciência pois o mal não vai embora mais se torna muito mais aceitável depois de um tempo.
Este  mal tem nome,e por acaso atende pelo mesmo nome que o meu ...
Eu sou o meu maior perigo e meu maior salvador, se morro, morro por mim não por alguma coisa, agora se consigo vencer a conquista e só minha e isso me da um pouco mais de coragem!
Aprenda que só é preciso esperar quando isso acontece, e que um dia tudo se acalma, e que tudo pode acontecer em sua vida agora se tudo vai da certo só depende de você!  
                

Nenhum comentário:

Postar um comentário